Como os bots estão simplificando o processo de recrutamento de RH

Como os bots estão simplificando o processo de recrutamento de RH

Publicado por ASC Brazil | 5 de julho de 2018 | Chatbots

Analistas preveem que milhões de empregos serão perdidos por causa da automação. Os trabalhos que envolvem tarefas repetitivas, são geralmente os primeiros da lista. Assim como a Amazon substituiu muitas livrarias, os bots ou a automação, de algum modo, substituirão muitos empregos nas áreas de transporte, saúde e até empregos de profissionais liberais, como advogados.

Os bots se encaixam perfeitamente na área de recursos humanos (RH). As tarefas de RH são divididas em três áreas: aquisição de talentos, trabalho administrativo e retenção de funcionários. Com base na análise de vários departamentos de RH, pesquisas apontam que até 2022, a automação substituirá 24% dos empregos de RH. Isso não significa que 24% das pessoas de RH perderão seus empregos, mas estarão fazendo um trabalho de nível superior e estratégico. Vamos analisar como os bots podem impactar a área de recrutamento de RH.

Um estudo feito pela HR.com mostra que os recrutadores de RH passam dois terços de seu tempo (67%) pré-selecionando candidatos e 28% de seu tempo agendando candidatos. Essas tarefas se enquadram na categoria de aquisição de talentos. Parece que uma pequena porcentagem do tempo de um recrutador é, na verdade, cara a cara para entrevistar candidatos, uma vez que os robôs da área não podem realmente automatizar, pois isso exige empatia.

As empresas precisam encontrar uma maneira nova para melhorar esses processos e serem mais produtivos, e já estão trabalhando na automação das partes mais repetitivas do processo com as empresas de recrutamento e utilizando Inteligência Artificial para isso.

Como é para os recrutadores trabalharem com bots?

Os bots podem liberar os recrutadores de pré-seleção e agendamento de entrevistas, permitindo que eles possuam mais tempo para entrevistar candidatos qualificados e fazer melhores contratações.

Uma pesquisa recente  da Korn Ferry  descobriu:

  • 63% dos recrutadores disseram que a AI mudou a maneira de trabalhar.
  • 69% disseram que o uso de AI é capaz de encontrar candidatos mais qualificados.
  • 27% disseram que a AI liberou mais do seu tempo.
  • 87% estão entusiasmados com o trabalho da inteligência artificial e não sentem que isso os substituirá no futuro.

Mas como é que um recrutador trabalha com um bot que executa o trabalho que ele ou ela fazia anteriormente? A tarefa de identificar as tendências digitais e tecnológicas no espaço de aquisição de talentos, construir o business case, testar soluções inovadoras dentro da organização, dimensionar a tecnologia e depois entender os riscos e as recompensas dessas soluções, são processos bastantes longos e quais soluções podemos enxergar? Os chatbots (agentes cognitivos) e a automação de processos robóticos (RPA), podem ser grandes apoios.

O Chatbots e o RPA ajudam uma recrutadora a aumentar a experiência do candidato, permitindo que os recrutadores se concentrem mais na interação humana durante o processo entre a candidatura e a entrevista, enquanto a automação inteligente reduz as tarefas não estratégicas. Embora um profissional que não seja um recrutador, ele monitora de perto as conversas que os candidatos têm com os chatbots da empresa. Ele analisa preocupações e questões típicas que os candidatos precisam para refinar a inteligência de conversação e pode fornecer aos candidatos respostas de melhor qualidade.

No futuro, as empresas provavelmente terão um grande número de variados bots para gerenciar diferentes tipos de tarefas. Assistentes pessoais de bots se tornarão mais predominantes quando melhores integrados com sistemas de planejamento de recursos corporativos que estiverem disponíveis. Neste momento, os bots usam o texto para interagir, mas as interfaces de conversação estão melhorando rapidamente (veja Siri e Alexa), e provavelmente será a maneira como os bots interagem tanto com os recrutadores quanto com os candidatos no futuro.

Se você olhar para a maioria das empresas os recrutadores (independentemente do segmento setorial) estão sobrecarregados com tarefas administrativas. Algumas pesquisas já mostraram que 70% de todos os recrutadores entrevistados têm uma percepção positiva em relação à automação de atividades não estratégicas e/ou transacionais.

Bots Melhorando a Transparência do Processo de Recrutamento

Os bots são muito eficazes em completar os esforços tradicionais de recrutamento. Isso inclui responder perguntas de suporte técnico baseadas em fatos, abrir tickets de help desk, etc. Essas são tarefas que não precisam de interação humana, servem também para otimizar os processos de qualificação dos candidatos que querem respostas rápidas e não importam se é um ser humano que dará essas respostas.

Com a evolução dos bots, podemos verificar coisas como se os candidatos tiveram as experiências certas, graus e expectativas salariais, além de melhorar a transparência do processo, para que os candidatos possam ver em que fase do processo estão.

Uma clara necessidade e uma clara demanda

Embora seja cedo para o uso de bots para o recrutamento de talentos, fica claro como os bots podem ajudar a aliviar a quantidade de trabalho mundanos e repetitivos pelos quais os recrutadores são responsáveis. Os bots nunca tomarão o lugar dos humanos, mas os ajudarão liberando tempo para gastar em interações diretas com os candidatos. Levará algum tempo para que os bots se integrem em grandes organizações, mas estudos apontam que em 2025, os bots serão uma tecnologia de lugar comum na maioria das empresas.

Comentários

comentarios

Entre em contato

Fique a vontade para entrar em contato e tirar suas dúvidas.


Whatsapp

Clique para utilizar o Whatsapp Web ou cadastre o número no seu telefone:
Abrir Whatsapp Web QR Code

(11) 3514-9600

SMS

Para falar conosco via SMS, adicione aos contatos de seu telefone este número:

(11) 99730 3704

Multicanalidade
Facebook
BotTelegram